top

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Mar de Lama

nada poeta nada

5 comentários:

Paulo Fernando disse...

Foi mal, cara. hahahaha... Cometi novamente o erro porque fazia tempo que eu não vinha aqui. rsrs

Abraços.

Mariliza Silva disse...

Poeta nada na lama até tirar dela sua flor de lis!

Saudades de ti

Beijão e some não

Mariliza

B. disse...

O uso do "tu" é muito bonito... risos.
E você tem sempre idéias brilhantes. Adorei o post.

Beijo meu.

Anônimo disse...

adorei.

Stephanie disse...

muito bom! =)

ainda bem que o poeta nada
em vez de afundar

beijo